Notícias

Para sistematizar e facilitar a circulação de conhecimentos sobre água e saneamento, o IAS desenvolveu ferramentas que buscam ampliar a capacidade de ação e de intervenção dos públicos envolvidos com esta agenda. Nossas iniciativas buscam trazer conteúdo em uma linguagem mais acessível, que permita a públicos menos técnicos assimilarem o conhecimento e transformá-los em ação.

destaques

Meio ambiente limpo e saudável é direito humano!

11 agosto 2022

Resolução da ONU fortalece a luta socioambiental e impulsiona a cobrança por políticas públicas de conservação dos recursos naturais e bem-estar social Com o objetivo de mitigar as ameaças mais urgentes ao futuro da humanidade, a degradação ambiental e a mudança climática, a Assembleia da Organização das Nações Unidas (ONU) reconheceu o direito humano a…

Desafios e Perspectivas para o Saneamento e as Cidades Inteligentes

08 agosto 2022

A mitigação das mudanças climáticas, adaptação e resiliência foram debatidas durante evento do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo O Instituto Água e Saneamento (IAS) participou da mesa “Visão holística para os embates enfrentados no saneamento básico” que integra o UrbanSus, evento realizado pelo Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São…

Desigualdade de acesso marca aniversário dos direitos humanos à água e ao esgotamento sanitário

28 julho 2022

Brasil avança lentamente rumo ao cumprimento dos DHAES, mesmo após 12 anos de reconhecimento pela ONU

Alcançar a universalização do acesso ao esgotamento sanitário é olhar para quem mais precisa

26 julho 2022

Em entrevista ao IAS, o relator especial da ONU para os DHAES, Pedro Arrojo defende o investimento em soluções para o saneamento que necessitem de menor aporte financeiro e técnico, destaca o protagonismo e envolvimento das mulheres e alerta sobre a urgência do cuidado com o meio ambiente

Esgotamento Sanitário: direito humano muito longe de ser garantido a todas as pessoas

21 julho 2022

Em entrevista, professor Léo Heller aponta a necessidade de mitigar as desigualdades para o alcance da universalização do acesso ao esgotamento sanitário.