title_green_line_60px

A RELEVÂNCIA DO ESGOTAMENTO DESCENTRALIZADO E SISTEMAS BASEADOS NO MANEJO DO LODO FECAL

Caminhos para o Saneamento Inclusivo no Brasil

Este estudo explora os potenciais do saneamento descentralizado no Brasil, para acessibilizar o atendimento de esgoto nos contextos que são recorrentemente desassistidos pelos sistemas centralizados.

Além de trazer um embasamento sobre o propósito, as etapas da cadeia de serviço e as diferentes formas de fazer o manejo do esgoto doméstico, este estudo verifica aspectos relacionados à relevância dos sistemas descentralizados para a universalização dos serviços de saneamento e traz alguns desafios relacionados à capacidade de replicação destes sistemas no Brasil.

FICHA TÉCNICA


A Relevância do Esgotamento Descentralizado e Sistemas Baseados no Manejo do Lodo Fecal: Caminhos para o Saneamento Inclusivo no Brasil
Autores: Tomaz Gregori Kipnis e Paulo Bernardo Neves
Revisão Técnica: Paulo Gustavo de Almeida e Aníbal da Fonseca
Revisão de texto: Gisela Monroe, Rafaela Marques e Pedro Pastor
Projeto gráfico e diagramação: Luis Rossi, Nicolas Le Roux, Paula Lemos e Marília Müller